Importação e Exportação de VMs via linha de comando no XenServer.

Neste artigos vamos tratar de um assunto muito interessante, a importação e exportação de VMs via linha de comando. Esta opção é interessante quando necessitamos exportar ou importar VMs a partir de um ponto de montagem no próprio Xen Server, com por exemplo de um “HD Externo”. Ao final deste artigo, você será capaz de compreender e executar estas rotinas de forma concreta.

CONSIDERAÇÕES

Estamos utilizando a versão do Xen Server 7, vamos levar em consideração que você já possua um Xen Server instalado, uma VM para ser utilizada de exemplo, e um repositório de armazenamento externo, como por exemplo um “HD Externo”.

Também vamos levar em consideração que você já possua conhecimentos técnicos necessários para executar as rotinas, vamos nos ater somente no que diz respeito a importação e exportação de VMs.


PEGA A VISÃO

Se você conhece pouco de Xen Server e necessita aprofundar-se no assunto, que tal aceitar minha dica? Assista a aula de apresentação.

Agora se seu foco e ir além do Xen Server, então você precisará conhecer o Xen Desktop. Assista a aula de apresentação.

Mas se seu foco é migração de Hypervisor, também tenho uma indicação especial para você. Já ouviu falar do Proxmox? Assista a aula de apresentação.


1) EXPORTANDO VM.

Para que possamos realizar a exportação de uma VM, precisamos utilizar o utilitário “xe“, presente no Xen Server. Acesse o shell do Xen Server, realize o login, e execute o comando conforme ilustrado abaixo, substituindo as informações das variáveis informadas pelas de seu ambiente.

OBS: Para utilizarmos o comando de exportação precisamos estar com nossa VM desligada. Realize o desligamento da mesma antes de executar o comando de exportação.

xe vm-export vm="serverarq" filename="/mnt/backup/bkpvms/serverarq/serverarq-15-02-2018-m.xva" &>> /var/log/backup/vms/bkpvms-15-02-2018-m.log &

Explicação do comando:

vm: Recebe o nome da VM que desejamos realizar o backup.

filename: Recebe o caminho completo no qual desejamos salvar o backup. (Neste caso o caminho utilizado é um ponto de montagem de um “HD Externo”).

&>>: Redirecionador de saídas, aqui estamos informando que tanto a stdout (Saída Padrão) quanto stderr (Saída de Erro Padrão), serão gravadas em um arquivo de log para analise posterior, caso necessário. Após estes caracteres, informe o caminho que desejamos salvar o arquivo de logs.

&: Este carácter ao final do comando, significa que desejamos executa-lo em background.

Após as devidas adaptações execute o comando e aguarde a exportação de sua VM terminar. É possível verificar o status de exportação através do XenCenter em “Notifications“.


2) IMPORTANDO VM.

Precisamos agora aprender a importar uma VM para o Xen Server via linha de comando. Vamos também utilizar o utilitário “xe“.  Acesse o shell do Xen Server, realize o login, e execute o comando conforme ilustrado abaixo, substituindo as informações das variáveis informadas pelas de seu ambiente.

xe vm-import vm="serverarq" filename="/mnt/backup/bkpvms/serverarq/serverarq-15-02-2018-m.xva" sr-uuid="12dbe502-642d-d601-f606-7fae3edefe86" &>> /var/log/backup/vms/bkpvms-15-02-2018-m.log &

Explicação do comando:

vm: Recebe o nome que desejamos dar à VM a ser importada.

filename: Recebe o caminho completo do arquivo de backup “.xva” que desejamos importar. (Neste caso o arquivo está em um “HD Externo”, montado em um ponto de montagem).

sr-uuid: Recebe o UUID do Storage que desejamos importar a nova VM. (Para obter o sr-uuid utilize o comando “xe sr-list“).

&>>: Redirecionador de saídas, aqui estamos informando que tanto a stdout (Saída Padrão) quanto stderr (Saída de Erro Padrão), serão gravadas em um arquivo de log para analise posterior, caso necessário. Após estes caracteres, informe o caminho que desejamos salvar o arquivo de logs.

&: Este carácter ao final do comando, significa que desejamos executa-lo em background.

Após as devidas adaptações execute o comando e aguarde a importação de sua VM terminar. É possível verificar o status de importação através do XenCenter em “Notifications“.


CONCLUSÃO

Através deste artigo foi possível demostrar de maneira simples a exportação e importação de VMs no Xen Server.

Se você gostou deste post e através dele pude lhe ajudar, o que acha de aproximarmos nosso contato? Siga meu blog e me adicione no Linkedin, aproveite para classificar algumas das minhas competências/recomendações, este simples gesto faz toda a diferença.

Att,
Rafael Oliveira
SysAdmin

 

Você pode compartilhar esse artigo.

Siga o Blog Via E-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 46 outros assinantes

Sobre o Autor

Rafael Oliveira Maria - Linux

Rafael Oliveira

Bacharel em Sistemas de Informação, SysAdmin, Professor, Blogueiro e Entusiasta Linux.

Certificados:

LPIC-1-Large
LPIC-2
LinuxPlus Logo Certified
itil-foundation-digital-badge

Gostou do conteúdo? Ajude-me a manter o blog.

PicPay - Linux

Aceitamos pagamentos e doações via PicPay link picpay.me/rafaeloliveimar

2 respostas

  1. Boa tarde! Gostei muito do artigo, porém tenho VM exportada do XenServer 7.1 e gostaria de importar no host com XenServer 6.5. é possível?

Ficou com dúvida? Alguma Sugestão ou Elogio? Deixe seu comentário!