Script de Backup a quente VM’s XenServer 6.5, 7.x

citrixAo trabalhar com virtualizações conseguimos otimizar muitas tarefas, uma delas é o backup a quente. O backup “a quente” significa que podemos realizar uma cópia de segurança de uma ou várias virtualizações sem a necessidade de desliga-la. Neste artigo será demonstrado como realizar backups de virtualizações a quente no XenServer, através de um script de backup otimizado.

CONSIDERAÇÕES

Estamos considerando que você já possua um servidor hospedeiro XenServer instalado e em funcionamento. Também iremos considerá que já possua entendimento básico da ferramenta e noções avançadas de Linux. A versão utilizada no servidor hospedeiro é o XenServer 7.0, a mais atual no momento da elaboração deste artigo.

1) COLHENDO INFORMAÇÕES PERTINENTES

Para que possamos criar nosso script, antes precisamos colher uma informação de nosso XenServer a ser backapeado. Para isso, utilize a ferramenta XenCenter, selecione seu servidor, e na aba console, acesse o shell conforme ilustrado abaixo.

Nota: Também é possível realizar o acesso ao console do servidor utilizando o protocolo SSH. Utilize uma ferramenta de acesso para isto, por exemplo o putty.

A informação que precisamos obter é o “Storage-Repository-UUID” de nosso servidor. Para isso, utilize o comando conforme ilustrado abaixo no console do xenserver.

xe sr-list

Após executar o comando, teremos em mãos a informação necessária para criar um novo arquivo de script capaz de realizar backups de VM’s “a quente”, totalmente automatizado. Crie um arquivo chamado “bkp-vm-individual.sh” em “/etc/init.d/” ou onde preferir e adicione o código ilustrado abaixo:

Nota: O nome e local foi definido neste artigo para fins didáticos, eles podem ser definidos de acordo com suas necessidades. A alteração não afeta o funcionamento do script.


#!/bin/bash
# Script de backup das VM's Xen-Server (VM's a QUENTE)
####################################################################################
# Criado por: Rafael Oliveira #
# Fone:(27) 99981-4409 #
# e-mail: faelolivei@gmail.com #
####################################################################################

storagebkp="12dbe502-642d-d601-f606-7fae3edefe86" # Storage beckapeado.
dhvm=`date +%d-%m-%Y_%H-%M-%S` # data completa de informacao de cada etapa.
datain=`date +%s` # data usada para subtracao de tempo.
vmname="Ubuntu1"

echo "==============================================================================" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
echo "Iniciando backup da vm ${vmname} em ${dhvm}" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log

data=`date +%c` # Data e hora atual.
echo "1) Cria snapshot da maquina em ${data}." >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
idvm=`xe vm-snapshot vm=${vmname} new-name-label=${vmname}_snapshot` 2>> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
if [ $? -eq 0 ]; then
echo "Id Snapshot criado: ${idvm}" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
echo "Executou com sucesso." >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
echo "------------------------------------------------------------------------------" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
else
echo "Problemas na execução, verifique o arquivo de log." >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
echo "==============================================================================" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
exit 1
fi

data=`date +%c` # Data e hora atual.
echo "2)Convertendo o snapshot criado em template em ${data}." >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
xe template-param-set is-a-template=false uuid=${idvm} 2>> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
if [ $? -eq 0 ]; then
echo "Executou com sucesso." >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
echo "------------------------------------------------------------------------------" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
else
echo "Problemas na execução, verifique o arquivo de log." >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
echo "==============================================================================" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
exit 1
fi

data=`date +%c` # Data e hora atual.
echo "3)Convertendo o template em VM em ${data}" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
cvvm=`xe vm-copy vm=${vmname}_snapshot sr-uuid=${storagebkp} new-name-label=${vmname}_${dhvm}` 2>> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
if [ $? -eq 0 ]; then
echo "Executou com sucesso." >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
echo "------------------------------------------------------------------------------" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
else
echo "Problemas na execução, verifique o arquivo de log." >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
echo "==============================================================================" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
exit 1
fi

data=`date +%c` # Data e hora atual.
echo "4)Exportando VM criada para o HD externo em ${data}." >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
xe vm-export vm=${cvvm} filename="/mnt/backup/bkpvms/${vmname}/${vmname}_${dhvm}.xva" &>> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
if [ $? -eq 0 ]; then
echo "Executou com sucesso." >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
echo "------------------------------------------------------------------------------" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
else
echo "Problemas na execução, verifique o arquivo de log." >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
echo "==============================================================================" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
exit 1
fi

data=`date +%c` # Data e hora atual.
echo "5)Deletando VM e seu VDI criado em ${data}." >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
xe vm-uninstall vm=${cvvm} force=true &>> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
if [ $? -eq 0 ]; then
echo "Executou com sucesso." >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
echo "------------------------------------------------------------------------------" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
else
echo "Problemas na execução, verifique o arquivo de log." >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
echo "==============================================================================" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
exit 1
fi

data=`date +%c` # Data e hora atual.
echo "6)Deletando Snapshot criado em ${data}." >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
xe vm-uninstall --force uuid=${idvm} &>> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
if [ $? -eq 0 ]; then
echo "Executou com sucesso." >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
echo "------------------------------------------------------------------------------" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
else
echo "Problemas na execução, verifique o arquivo de log." >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
echo "==============================================================================" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
exit 1
fi

data=`date +%c` # Data e hora atual.
echo "7)Excluindo backups duplicados em ${data}" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
ls -td1 /mnt/backup/bkpvms/${vmname}/* | sed -e '1,2d' | xargs -d '\n' rm -rif &>> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
if [ $? -eq 0 ]; then
echo "Executou com sucesso." >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
echo "------------------------------------------------------------------------------" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
echo "Backup VM ${vmname} concluido em ${data}." >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
else
echo "Problemas na execução, verifique o arquivo de log." >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
echo "==============================================================================" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
exit 1
fi
dataoud=`date +%s` #data final de execução
seg=$((${dataoud} - ${datain}))
min=$((${seg}/60))
seg=$((${seg}-${min}*60))
hor=$((${min}/60))
min=$((${min}-${hor}*60))
echo "Tempo estimado: ${hor}:${min}:${seg}" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
echo "==============================================================================" >> /var/log/backup/vms/bkp-${vmname}.log
exit 0
#####################################################################

Você também pode baixar o código:

Link: Script
Chave: !2hWYmDF0C3iU8mhy7e_GEWg0mDUYvpXjNhg9b7mxbw0

2) CONFIGURAÇÃO DO SCRIPT

Pensando em facilitar a utilização deste script em diversos ambientes, foi definido algumas variáveis de inicialização que devem ser alteradas de acordo com o ambiente proposto. Estas variáveis encontram-se no inicio do script à saber:

vmname – Nome da VM que deseja realizar o backup.
storagebkp – Responsável por armazenar o UUID do Storage que consta as VM’s a serem backapeadas.
bkpdestino – Caminho no qual irá armazenar o backup da máquina virtual. Pode ser um HD Externo, ambiente de rede ou qualquer outro tipo de armazenamento que preferir. Basta estar montado corretamente no XenServer.

Realize as alterações conforme seu ambiente, salve o arquivo, de permissão de execução para o mesmo, e execute o backup.

Nota: Uma forma inteligente de realizar o backup e acompanhar seus logs é executa-lo em segundo plano, para isso realize a execução do script conforme ilustrado abaixo:

/etc/init.d/bkp-vm-individual.sh &

Em seguida acesse o arquivo de log utilizando o comando “tail -f” para visualizar em tempo real o registro de logs do script, conforme também ilustrado abaixo:

tail -f /var/log/backup/vms/VMNAME.log


3) AGENDANDO SCRIPT

Podemos utilizar o agendador “CRONTAB” para agendarmos nosso script. Para isso, edite o arquivo “/etc/crontab” com o editor de texto de sua preferência, e adicionar o agendamento desejado conforme ilustrado abaixo.

SHELL=/bin/bash
PATH=/sbin:/bin:/usr/sbin:/usr/bin
MAILTO=root

# For details see man 4 crontabs

# Example of job definition:
# .---------------- minute (0 - 59)
# | .------------- hour (0 - 23)
# | | .---------- day of month (1 - 31)
# | | | .------- month (1 - 12) OR jan,feb,mar,apr ...
# | | | | .---- day of week (0 - 6) (Sunday=0 or 7) OR sun,mon,tue,wed,thu,fri,sat
# | | | | |
# * * * * * user-name command to be executed
48 14 * * * root sh /etc/init.d/bkpvms.sh


4) EXPLICAÇÃO DO SCRIPT

O script está dividido em 7 (sete) etapas, estas etapas foram definidas para melhor entendimento de todo o processo. O próprio script já é auto explicativo, porém, vou definir em poucas palavras o funcionamento do mesmo.

I) Cria snapshot da máquina definida pela variável de inicialização “VMNAME” e adiciona a informação ao log. Se o comando foi bem sucedido passa para próxima etapa, caso contrário aborta o script.

II) Converte o snapshot criado em template e adiciona a informação ao log. Se o comando foi bem sucedido passa para próxima etapa, caso contrário aborta o script.

III) Converte o template em VM e adiciona a informação ao log. Se o comando foi bem sucedido passa para próxima etapa, caso contrário aborta o script.

IV) Exporta a VM criada para o HD externo e adiciona a informação ao log. Se o comando foi bem sucedido passa para próxima etapa, caso contrário aborta o script.

V) Deleta a VM e seu VDI criado e adiciona a informação ao log. Se o comando foi bem sucedido passa para próxima etapa, caso contrário aborta o script.

VI) Deleta o snapshot criado e adiciona a informação ao log. Se o comando foi bem sucedido passa para próxima etapa, caso contrário aborta o script.

VII) Exclui os backups duplicados mais antigos, mantendo somente duas cópias da VM no diretório definido e adiciona a informação ao log. Se o comando foi bem sucedido finaliza o script registrando o tempo de duração do backup, caso contrário aborta o script.

CONCLUSÃO

Através deste artigo conseguimos expor de maneira simples uma solução personalizada para realizar backups “a quente” de máquinas virtuais no XenServer.

Se você gostou deste post e através dele pude lhe ajudar, o que acha de aproximarmos nosso contato? Siga meu blog e me adicione no Linkedin, aproveite para classificar algumas das minhas competências/recomendações, este simples gesto faz toda a diferença.

Até a próxima!

Rafael Oliveira
SysAdmin

Você pode compartilhar esse artigo.

Siga o Blog Via E-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 46 outros assinantes

Sobre o Autor

Rafael Oliveira Maria - Linux

Rafael Oliveira

Bacharel em Sistemas de Informação, SysAdmin, Professor, Blogueiro e Entusiasta Linux.

Certificados:

LPIC-1-Large
LPIC-2
LinuxPlus Logo Certified
itil-foundation-digital-badge

Gostou do conteúdo? Ajude-me a manter o blog.

PicPay - Linux

Aceitamos pagamentos e doações via PicPay link picpay.me/rafaeloliveimar

22 respostas

Ficou com dúvida? Alguma Sugestão ou Elogio? Deixe seu comentário!