Instalando a plataforma de análise Grafana no Linux.

Neste artigo vamos abordar uma assunto muito interessante no que diz respeito as interfaces de monitoramento de métricas. Já imaginou poder obter excelentes dados com gráficos de monitoramento modernos? Pois é, o intuito deste artigo é abordar a instalação da plataforma de analise de métricas “Grafana”, com ela será possível obter e configurar ótimos gráficos de análise. Este é o primeiro artigo da seria de monitoramento, continue conosco, se escreve no blog e acompanhe os materiais.

CONSIDERAÇÕES

Para este artigo vamos levar em consideração que você já possua conhecimentos necessários para instalação de pacotes em sistemas Linux. A plataforma de analise “Grafana” não possui pacotes para sistemas 32 bits, sua distribuição oficial é somente distribuída para sistemas 64 bits. Neste Artigo iremos utilizar como sistema operacional padrão o Debian 8.8., mas você pode utilizar sua distro de preferência.

INTRODUÇÃO

O Grafana é uma plataforma de análise para todas as suas métricas. Ele permite consultar, visualizar, alertar e compreender suas métricas, independentemente do local de armazenamento. Crie, explore e compartilhe painéis com sua equipe e promova uma cultura orientada a dados. “Fonte: grafana.com”.

1) DOWNLOADS

Para começar, precisamos baixar os pacotes do “Grafana”, você pode verificar a última versão através do próprio site: grafana.com. Durante a confecção deste artigo a última versão disponível era a 4.6.2. Execute o comando conforme ilustrado abaixo:

cd /tmp
VERSION=4.6.2_amd64
wget https://s3-us-west-2.amazonaws.com/grafana-releases/release/grafana_$VERSION.deb


2) INSTALAÇÃO

Após o download, precisamos realizar a instalação utilizando o tradicional “dpkg”, porém precisamos nos certificar que os pacotes “adduser” e “libfontconfig” estejam disponível no seu Linux. Estes dois pacotes são dependências para a instalação do “Grafana”.  Para isso execute o comando conforme ilustrado abaixo:

 
apt-get install -y adduser libfontconfig 
dpkg -i grafana_$VERSION.deb 

Precisamos também após a instalação, adiciona-lo a inicialização do sistema, de forma a ser iniciado automaticamente no carregamento do sistema.

 
update-rc.d -f grafana-server defaults 

Após realizar os procedimentos acima, precisamos iniciar nosso “Grafana”, para isso utilize o comando conforme ilustrado abaixo:

 
service grafana-server start
ou
systemctl start grafana-serve


3) ARQUIVOS DE CONFIGURAÇÃO

Precisamos ter uma visão geral sobre a configuração do Grafana. Abaixo estão destacadas as principais informações referente a plataforma.

/var/log/grafana/ – Arquivo de log.
/etc/grafana/grafana.ini – Arquivo de configuração do Grafana.
/etc/default/grafana-server – Arquivo de variáveis de ambiente do Grafana.
/etc/init.d/grafana-server – Script de inicialização do Grafana.
/var/lib/grafana/grafana.db – O BD padrão do Grafana é em Sqlite3.
http://IP-SERVIDOR:3000. – URL de acesso.
O usuário é admin e a senha padrão é admin.

CONCLUSÃO

Através deste pequeno artigo foi possível demostrar de maneira prática e objetiva a configuração da plataforma de analise Grafana no Linux. Nos próximos artigos falarei sobre a integração do Grafana com Zabbix, não deixe de acompanhar.

Se você gostou deste post e através dele pude lhe ajudar, o que acha de aproximarmos nosso contato? Siga meu blog e me adicione no Linkedin, aproveite para classificar algumas das minhas competências/recomendações, este simples gesto faz toda a diferença.

Att,
Rafael de Oliveira
SysAdmin

Você pode compartilhar esse artigo.

Siga o Blog Via E-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 46 outros assinantes

Sobre o Autor

Rafael Oliveira Maria - Linux

Rafael Oliveira

Bacharel em Sistemas de Informação, SysAdmin, Professor, Blogueiro e Entusiasta Linux.

Certificados:

LPIC-1-Large
LPIC-2
LinuxPlus Logo Certified
itil-foundation-digital-badge

Gostou do conteúdo? Ajude-me a manter o blog.

PicPay - Linux

Aceitamos pagamentos e doações via PicPay link picpay.me/rafaeloliveimar

Ficou com dúvida? Alguma Sugestão ou Elogio? Deixe seu comentário!